1 de mai de 2017

Conversa de Café: Guardiões da Galáxia Vol2

donna rita -  conversa de café  - guardiões da galáxia vol2
Livre de spoilers
Queridos e queridas....

Hoje é dia de falar daquela franquia que surgiu alguns anos atrás, totalmente sem o foco do grande publico, sem expectativa, sem carisma nenhum e muito provavelmente sem futuro. Na época ninguém fazia ideia do que esperar do filme, nem mesmo conhecia aqueles personagens totalmente estranhos. Duvido muito que alguém tenha lido alguma hq dos "Guardiões".

Chegou discretamente e ganhou um lugar cativo em nossos corações - pelo menos no meu - a ponto de ser um dos filmes mais esperados de 2017, concorrendo com block busters já consolidados. Ainda não vi os demais filmes que estarão em cartaz, mas com certeza Guardiões estará no panteão dos filmes sagrados do ano. Na minha opinião vai perder somente para a incrível máquina de fazer dinheiro que é Star Wars.

Um bando de heróis de segunda linha foi jogado nas mãos de James Gunn (diretor e roteirista) que teve a responsabilidade de criar um arco para a Marvel que introduziria o universo cósmico, galático, para daí então aparecer o tal do Thanos montando banca com sua manopla.

Nada além disso. Missão fácil quando se tem heróis tão desconhecidos nas mãos. No mais Gunn ganhou carta branca para reescrever a historia daqueles simpáticos heróis, até porque ninguém nunca tinha lido nada sobre. Tudo isso serviu para as expectativas ficarem muito baixas, creio que até mesmo abaixo do pré-sal, diria um sábio. E foi aí que o filme ganhou o publico. Fomos presenteados com um belo filme, talvez o melhor do selo Marvel.

donna rita -  conversa de café  - guardiões da galáxia vol2

Humor na dose certa, personagens carismáticos (eu mesmo não esperava um carisma tão grande vindo de um personagem que é uma árvore, ou até mesmo de Dave Bautista), enredo muito bem amarrado, músicas dos anos oitenta (usadas de maneira correta, compondo o enredo, e não somente jogadas ali de qualquer jeito) que caíram no gosto do publico, nostalgia e um show de efeitos especiais. Eu fiquei apaixonado.Mas eu sou um prostituto que se vende facilmente para grandes obras.

Fiquei tão amarradão no filme que passei a não criar mais expectativas, qualquer que fosse o filme. Desde de então passei a ficar um pouco longe de trailers, de cometários da internet.. Quis ser pego de surpresa novamente. Precisava sentir novamente esse sentimento de surpresa. Fiquei longe das polêmicas e dos spoilers.

donna rita -  conversa de café  - guardiões da galáxia vol2

Verdade seja dita: o segundo filme não é tão bom quanto o primeiro. Não é tão bom unicamente pelo fato de já existir um primeiro e ter toda uma expectativa em volta. É difícil reconstruir novamente o elemento surpresa quando todos estão olhando para você.

Guardiões da Galáxia saiu do nada acertando um jab no queixo, que ficou caído nas duas horas seguintes. Seria normal ter uma sequencia com uma qualidade um pouco inferior. Essa e todas aquela dificuldade dos filmes de transição.

Vou te falar que a continuação foi tão boa quanto.

Muitos elementos contribuíram para a manutenção da qualidade. Kurt Russel está excelente, a idade o melhorou muito como ator. Stallone claramente foi trabalhado para ter mais importância nos próximos filmes substituindo alguns personagens. James Gunn trabalhou com aquele sentimento de Tango e Cash que existe dentro de mim. Não tem como colocar Stallone e Russel no mesmo filme sem despertar um sorriso em qualquer pessoa que já passou dos seus trinta. 

Os personagens foram todos muito bem trabalhados. É incrível como conseguiram trabalhar a história de tanta gente em um filme que tem um pouco mais de duas horas. E ainda te consegue passar uma certa dose de emoção. Todo esse trabalho da Marvel é algo a ser estudado.

Algumas ponta soltas ficaram para dar uma dica do que poderá ocorrer. Personagens muito bons ainda estão por vir.

donna rita -  conversa de café  - guardiões da galáxia vol2

Junte a família toda, assista a Guardiões da Galáxia Vol2 e tenha uma experiência excelente. Eu mesmo já nem quero mais saber de Vingadores. 

Eu quero mais tretas Galáticas....



17 de abr de 2017

Na sua estante: O soldador subaquatico

donna rita - na sua estante - o soldador subaquatico

Meu nome é Jack e tenho 33 anos...

"...Meu nome é Jack Joshep tenho 33 anos. A mesma idade do meu pai quando ele desapareceu. Eu era casado...o nome da minha esposa era Susie Joseph. A gente ia ter um bebê em breve. Um menino. Mas eu fugi. E agora estou sozinho. Meu nome é Jack Joseph e costumava ser um soldador subaquatico. Eu ia ser pai. Mas agora sou um nada. E não estou em lugar algum..."

É com esse monólogo que abro esse humilde artigo acerca de uma das obras mais fantásticas dos últimos tempos. "O soldador subaquático" é uma obra de ficção que traz a tona temas que são muito comuns, como por exemplo paternidade (cá entre nós, não está nada fácil criar um ser humano nos dias de hoje), relação entre pai e filho, e uma bela reflexão sobre a vida e morte. Tudo muito lindo.

Jeff Lemire, talvez um dos maiores expoentes das hqs atuais, acertou em cheio ao trazer todo esse debate utilizando a vida de um soldador subaquático. Aliás a profissão causa tanta estranheza quanto o dia que Jack terá pela frente. Uma pessoa quebrada assim como todos nós.

Jack é uma pessoa comum, com um emprego extremamente perigoso, e com problemas mal resolvidos em seu passado. E um certo problema em relação ao dia das bruxas que pode parecer gratuito de início, mas ganha corpo no decorrer da trama. Poderia ter tentado uma vida diferente em cidades maiores, era qualificado o suficiente para isso, mas optou por morar em uma cidade portuária pequena próxima a uma plataforma de petróleo.

Como se tudo isso não bastasse, o protagonista tem um a necessidade de querer ficar sozinho, mergulhado em seus próprios pensamentos, de preferência no fundo do oceano. Onde ninguém mais pudesse perturbar a sua paz. Seu emprego é visto como uma fuga da realidade, o que torno Jack muito humano. Afinal de contas, quem nunca quis fugir de uma realidade dura?

Uma vida pacata, um trabalho perigoso. Tudo absolutamente dentro dos conformes. Já não bastasse tudo isso, ainda tem a questão da paternidade. 

donna rita - na sua estante - o soldador subaquatico

Ás vésperas do nascimento de seu filho, o soldador resolve voltar ao trabalho e mergulhar fundo para tentar esquecer de seus "demônios". Era para ser mais um dia típico, tão comum possível como qualquer outro dia possa ser embaixo da água. Tudo mudou quando Jack encontrou um objeto no fundo do mar responsável por desencadear uma série de fatos que beiram a loucura. Como se fosse um episódio de "Além da imaginação". Uma epifania. Uma viagem onde o passado e presente se misturam para as peças se encaixarem em um quebra cabeças bizarro que é a vida do pequeno soldador. Ou a vida de qualquer um de nós.

donna rita - na sua estante - o soldador subaquatico

E nesse pot-purri de sentimentos o leitor se pega torcendo pelo carismático soldador. O grande mérito do roteiro é fazer as pessoas se importarem com a pessoa. Uma espécie de empatia. Eu mesmo me peguei algumas vezes tenso, ansioso para descobrir o desfecho e torcendo para que fosse o melhor possível. Isso só porque o leitor se identifica com o protagonista. Jack somos todos nós. Seres humanos quebrados em busca de respostas, de encaixar as peças desordenadas. Em busca do entendimento do todo.

Você se sente só, assim como o soldador a explorar suas lembranças, dialogando com os seus diversos "eus". Ou melhor, no diálogo com o próprio pai, que diga-se de passagem é de cortar o coração.

Enfim... "O soldador subaquático" é uma hq completa. Roteiro excelente de Jeff Lemire, que afirmou expressar a sua experiência de paternidade em sua obra, e uma arte invejável. Essa é uma daquelas que obras que me fazem sentir inveja por não conseguir escrever algo parecido, muito longe disso.

Um abraço a todos e uma excelente leitura.

Título: O Soldador Subaquático
Autor: Jeff Lemire
Data de Lançamento: Novembro / 2016
Acabamento: Brochura, Papel Offset 120g, Preto e Branco
Formato: 26,5×17,5
Número de páginas: 224

14 de mar de 2017

Faça você mesmo: Como fazer um fichário


Faz tempo que não rola um "faça você mesmo" aqui no blog, né? Então, para que esse grande hiato seja encerrado com estilo e fofura vou te ensinar como fazer um fichário lindão, que pode ser muito útil como material escolar ou para a organização de documentos, receitas, fotos... Enfim, solte sua imaginação e coloque a mão na massa!

Você vai precisar de:
  • papelão cinza de 2.2 mm de espessura (se você resolver mudar as medidas, considere mudar também a espessura do papelão, pois as medidas devem se adaptar a elas) nas seguintes medidas - 25 x 33 cm (duas peças) e 5 x 33 cm (uma peça).
  • papel cartão ou duplex: (para os acabamentos internos e bolsos) 24,7 x 32,5 cm (duas peças); 4,8 x 32,5 cm; 24,7 x 11 cm.
  • tecidos com estampas da sua preferência.
  • garra de metal 
  • botão magnético ou elástico para o fechamento.
  • cola PVA.
  • rolinho de espuma.
  • base de corte e cortador circular.
  • gabaritos de encadernação
  • régua de metal
As canaletas, espaços entre as capas e a lombada, são de 0,6 cm, medidas com o gabarito de encadernação de 6mm.


Você pode encontrar todos estes materiais na Gana Presentes e Papelaria. Além dos materiais avulsos, você já encontra os kits cortados e com instruções de montagem. A Gana está localizada pertinho do metrô Paraíso em São Paulo, então para quem é da cidade, pode aproveitar e ir até lá fazer uma visita, para quem é de fora de São Paulo, clica aqui e acesse a loja virtual.

Agora, para ver o processo de montagem, tem um vídeo, assista!


Espero que vocês tenham gostado e que ajude a fazer seu próprio fichário. Se fizer, post as fotos nas redes sociais e marca a gente (@ateliedonnarita no Instagram) ou use as hashtags #diydonnarita #blogdonnarita.

E se você não tem habilidade ou o tempo necessário para fazer o seu e quer ter um fichário lindo, feito com carinho e acabamento impecável, clica aqui e visite a nossa loja. Lá você pode pedir um pra chamar de seu!

Qualquer dúvida, deixe aqui nos comentários e se compartilhar, não esquece de dar os créditos.

Beijitos.


10 de mar de 2017

Dicas para quarto de casal

donna rita - dicas para quarto de casal
Pinterest
Entre todos os ambientes de um imóvel o quarto precisa ter atenção especial. Afinal, é este o cômodo que vai garantir o descanso merecido e permitir momentos de intimidade, principalmente aos casais. Por isso a decoração deve ser especial, retratando as preferências e os hábitos daqueles que irão usufruí-lo. Móveis bonitos, elegantes e sofisticados são importantes, assim como objetos, quadros, cortinas e iluminação. E este cuidado também vale para a cama. 

Não basta ter um colchão adequado para a sua necessidade e acomodar o seu querido corpinho. É preciso deixar a cama igualmente bonita e aconchegante para um belo descanso. Um jogo de cama para casal, assim como o cobre-leito, são os produtos perfeitos para alcançar o conforto desejado. Eles têm funções distintas, mas juntos, garantirão o resultado esperado. 

E você, sabe a diferença entre elas?

Os jogos de cama para casal são vendidos em kits de três peças, o lençol de baixo, que protege o colchão de sujeiras e odores; o de cima, importante para dias de noites amenas; e fronhas para os travesseiros. Já o cobre-leito para casal tem função dupla, pois também pode servir para aquecer quem estiver dormindo ou ainda decorar a cama. É parecido com o edredom, só que um pouco mais fino, e são produzidos em diferentes tipos de modelos e cores.

Itens que se completam

O cobre-leito para casal completa o jogo de cama e permite deixar o ambiente ainda mais aconchegante e bonito. Para não errar, certifique-se de conferir o tamanho da cama, já que estes produtos são feitos em medidas padrão para solteiro, casal, queen ou king size.

Entre as marcas mais conceituadas que produzem ambos os produtos, e disponíveis na "Sua Casa Shop", estão a Santista, a Corttex, a Sultan, a Bouton, a karsten, a Kacyumara, e muitas outras.

donna rita - dicas para quarto de casal
Pinterest
De olho na qualidade

Na hora de comprar é preciso ficar atento, principalmente, à qualidade destes itens. Todos são produzidos basicamente, de materiais como o algodão, o poliéster e o percal. Este último deve ter mais de 150 fios, para garantir leveza e maciez. 

O algodão também é sempre uma ótima escolha, mas é preciso ficar atento quanto ao uso do poliéster. Por se tratar de um tecido sintético com pouca absorção pode deixar o corpo muito quente, favorecendo a transpiração.

A loja virtual "Sua Casa Shop" oferece uma variedade imensa em enxoval E linhas completas para cama, mesa e banho, além de artigos para decoração. Nela você encontra jogo de cama para casal e cobre-leito para casal da melhor qualidade em até 12 vezes sem juros no cartão de crédito, ou com desconto de 5% no boleto bancário.

Então é isso... Espero que tenham gostado dessas dicas super bacanas para o melhor proveito do quarto. Afinal de contas, dormir bem é um dos prazeres dessa vida.

Bjosss e abraços
*publieditorial*

© Donna Rita - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Donna Rita.
Programado por: Seis Mil Milhas.