4 de jul de 2018

História do mundo: História das copas

donnarita - srmarido - historia da copa do mundo - futebol

Antes de ser criada a Copa do Mundo, a Fifa reconhecia o país da medalha de ouro de futebol nos jogos olímpicos como o campeão mundial. Numa conferência em Amsterdã, em 1928, o francês Jules Rimet anunciou que criaria um torneio à parte dando assim origem a Copa do Mundo. Pesou também o fato das Olimpíadas de 1932 serem realizadas nos EUA, país que na época não dava a mínima para o desporto bretão.

Futebol era uma modalidade exclusivamente olímpica, por isso a ideia de reunir os maiores futebolistas de um determinado país em uma competição para averiguar o melhor time do mundo.

Somou-se aí um "suposto" boicote dos americanos mais a vontade que já existia de realizar um torneio á parte. Esses foram os ingredientes fundamentais para o estabelecimento da primeira Copa.

Em 1929, em uma reunião em Barcelona, a Fifa optou pelo Uruguai como pais sede. Dois critérios foram evados em consideração para estabelecer o Uruguai como primeiro anfitrião: a celeste era a atual bicampeã olímpica (1924/1928), e 1930 seria o ano do centenário da independência do Uruguai.

donnarita - srmarido - historia da copa do mundo - futebol

A primeira Copa não contou com eliminatórias. Os treze países filiados à Fifa foram convidados para o evento. Itália, Espanha, Hungria, Alemanha, Suíça, Áustria, Inglaterra e Tchecoslováquia desistiram de participar do torneio. O fato do futebol ser um esporte amador (onde muitos jogadores tinham outras ocupações para complementar suas respectivas rendas) mais a viagem transatlântica (á época as delegações viajavam somente por navios) que era custosa e demorada demais, fatos que contribuíram para a desistência de alguns países.

Nessa copa de 1930 não houve mascotes, inventados somente em 1966. Apenas três estádios foram utilizados, dentre eles o Estádio Centenário construído especialmente para a Copa.

Dados da Copa: Uruguai sagrou-se o primeiro campeão batendo a Argentina por 4x2 na final. O argentino Guilhermo Stábille (El infiltrador) terminou o torneio como artilheiro com 8 gols.

O Brasil fez uma campanha decepcionante. Um dos motivos foi o fato de não contar com os seus melhores jogadores devido a um racha interno com a Federação Paulista. A seleção tupiniquim acabou amargando aí um mísero 6º lugar.

donnarita - srmarido - historia da copa do mundo - futebol

O torneio, infelizmente, deixou de ser realizado em 1942 e 1946. Esse hiato ocorreu devido à Segunda Guerra Mundial, que além de destruir a Europa deixou cerca de 50 milhões de mortos e outros 20 milhões de inválidos, aproximadamente. Diante de tamanha desgraça ficou inviabilizado a realização do torneio.

Mas, o futebol não deixou de rolar mesmo em período de guerras.

Em 9 de Agosto de 1942, em Kiev, atual território da Ucrânia, foi jogada a partida de futebol mais mortal da história. Ela aconteceu quando o território ucraniano foi ocupado pelo exército nazista. Na época, o FC Star (que tinha como base o Dinamo de Kiev) humilhou os alemães em campo. Os prisioneiros recusaram-se a fazer as saudações nazistas aos oficiais da SS, e ensacolaram os alemães durante a partida com uma goleada sonora de 5x3. Lembrando aqui que o juiz da partida era também um oficial do exército nazista.

A partida terminou com a vitória da resistência, porém os alemães reagiram sem piedade e mataram pelo menos quatro jogadores do FC Star.

O futebol foi utilizado como uma ferramente de resistência, luta contra o totalitarismo. O esporte, de maneira geral, tem esse poder. 

E ainda existe quem defenda que o futebol não tem nada a ver com o aspecto político e social. Uma pena.

donnarita - srmarido - historia da copa do mundo - futebol

Em 1950, a Copa do Mundo retornou e foi realizada no Brasil e o estádio do Maracanã foi construído para o evento. Aproximadamente 200 mil pessoas acompanharam o final da Copa de 1950 entre Brasil e Uruguai. A seleção brasileira acabou perdendo por 2x1 de virada no evento que ficou conhecido como Maracanaço, o pior episódio da história do futebol brasileiro até o fatídico 7x1.

O Brasil conseguiu levantar a taça Jules Rimet nas copas de 58, 62, 70, 94 e 2002. Ganhou ainda  direito de ficar com a taça de maneira definitiva graças ao tricampeonato mundial. entretanto a taça foi roubado. Coisas de Brasil.

Fica aqui uma menção honrosa à seleção de 82, liderada pelo querido Sócrates. uma seleção que brilhou, encantou, ativa politicamente, no entanto não conseguiu o objetivo de ganhar a Copa. Uma pena para a Copa do Mundo.

donnarita - srmarido - historia da copa do mundo - futebol

Curiosidades:

Maiores campeões mundiais: Brasil cinco vezes; Alemanha e Itália quatro vezes; Argentina e Uruguai duas vezes; Inglaterra, França e Espanha figuram com um título mundial.

Maiores artilheiros: Miroslav Klose (Alemanha) dezesseis gols; Ronaldo (Brasil) quinze gols; Gerd Muller (Alemanha) quatorze gols; e Just Fontaine (França) com treze gols.

OBS* Na Copa de 58, Just Fontaine marcou os seus 13 gols, e carrega o título de maior artilheiro de uma mesma edição de Copa do Mundo.

donnarita - srmarido - historia da copa do mundo - futebol

A Copa do Mundo passou pelas mais diversas transformações, mas continua sendo disputada fortemente até os dias atuais. Logicamente, escândalos de corrupção na Fifa acabam por diminuir um pouco o seu prestígio. A Fifa pede "fairplay" dentro do campo ao mesmo tempo que favorece a candidatura de países como Catar e Russia, dentre outros, que não respeitam as individualidades das pessoas. 

O futebol tem o tamanho suficiente para causar transformações e levar o mínimo de dignidade para lugares onde ainda existe ataques aos direitos humanos. Mas, por interesses políticos e econômicos, não o faz.

No entanto, como não se emocionar com o poder do futebol, com as figuras que participam dos espetáculos, com as torcidas, com todas as histórias contadas e que ainda estão por vir. 

donnarita - srmarido - historia da copa do mundo - futebol

Futebol é esporte de homens, mulheres e, mas do que nunca, um ato político.

Comentário(s) pelo Facebook:

Postar um comentário

Parece clichê, nós sabemos, mas é a mais pura verdade: seu comentário é muito importante para nós! Então não se reprima e diga o que você pensa! Caso queira ter uma conversa mais longa, fique a vontade para nos enviar um e-mail. O endereço é esse aqui donnarita.artesemimos@gmail.com E lembre-se: sinta-se em casa!

© Donna Rita - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Donna Rita.
Programado por: Seis Mil Milhas.