17 de jul de 2017

Mega Artesanal 2017


Como não poderia ser diferente, visitamos a Mega Artesanal edição de 2017 e viemos aqui deixar nossas impressões deste evento. O que tem de diferente é que desta vez, ao invés de textão, fizemos uma live marota no Facebook e no Instagram.

Então, para saber das nossas impressões e o que compramos, dá play no vídeo.


Essa foi nossa primeira experiência com lives por aqui (pelo menos da minha parte, o Sr. Marido faz sempre lá no Cafeína, o canal dele no You Tube) e eu curti bastante! Pretendo fazer outras em breve.

Espero que tenham gostado desse formato. Para ver o que achamos das edições anteriores, só clicar aqui no ano respectivo: 2014, 2015, 2016.

Beijos!


10 de jul de 2017

Na sua estante: HQs que fizeram história


donnarita - srmarido - na sua estante - hq's que fizeram história
Este artigo foi criado pela equipe SaveMe para uso exclusivo do blog Donna Rita

Nascidas nos Estados Unidos, as histórias em quadrinhos - também conhecidas como HQs - fizeram sucesso na infância da maioria das pessoas. Esse estilo chegou trazendo novas ideias e formas de se contar uma história por meio da sequência de desenhos que possuem como principal características os diálogos em forma de balões e onomatopeias.

Hoje, as revistinhas ou gibis, como ficaram conhecidas no Brasil, são objetos de colecionadores e adorados por leitores das mais diversas idades.

As HQs trouxeram uma revolução não apenas na forma de narrar, mas também no conteúdo de suas narrativas. Seja nos EUA ou no Brasil, grande parte dos quadrinhos buscavam criticar a sociedade e a política nacional, sofrendo até mesmo censuras.

Confira uma lista com algumas das principais HQs que fizeram história!

The Yellow Kid (1895)...

donnarita - srmarido - na sua estante - hq's que fizeram história

Pioneira no setor, The Yellow Kid, de Richard Outcault, é a primeira história em quadrinhos que se tem notícias. A narrativa de 1895 deu início ao novo modelo de revistas. 

Action Comics (1938)...

donnarita - srmarido - na sua estante - hq's que fizeram história

Responsável pela 1ª aparição do Super-Homem, a revista Action Comics é considerada o marco zero das histórias em quadrinhos americanas de super-herói. Lançada em 1938, ainda está em circulação mensalmente e, possui ao todo, mais de 900 edições.

Maus (1980)...

                            donnarita - srmarido - na sua estante - hq's que fizeram história

Primeira HQ a ganhar o prêmio Pulitzer, Maus utilizou-se da figura de animais para contar as histórias que o pai do autor Art Spiegelman sofreu nos campos de concentração durante a Segunda Guerra. Foi publicada entre 1980 e 1991. 

Mulher Maravilha (1941)...

donnarita - srmarido - na sua estante - hq's que fizeram história

A figura feminina apareceu pela primeira vez em uma edição da All Star Comics e, bem aceita, ganhou um título exclusivo nas HQs onde luta pelas mulheres injustiçadas em uma sociedade moldada por homens. 

X-Men (1963)...

donnarita - srmarido - na sua estante - hq's que fizeram história

A HQ The X-Men também marca a história por ter seu enredo criado para tratar de questões sociais como o preconceito racial e lutas por conquista de direitos. É um reflexo da década de 60 nos Eua onde o movimento negro ganhava espaço representado nas figuras de Martin Luther King (Professor Xavier) e Malcom X (Magneto). Uma obra prima e exemplo de como os quadrinhos podem ser utilizados como documentos históricos de suas respectivas épocas.

The Amazing Spider Man (1962)...

donnarita - srmarido - na sua estante - hq's que fizeram história

Ignorando as regras impostas pelo CCA (Comics Code Authority, ou Código de Autoridade das Revistas em Quadrinhos), essa HQ tomou a polêmica decisão de inserir o assunto “drogas” em sua história, tentando mostrar os perigos do uso de narcóticos. E também introduziu um herói mais "humano", com contas para pagar. Palmas para o amigão da vizinhança.

Watchmen (1986)...

donnarita - srmarido - na sua estante - hq's que fizeram história

Em 1986 Alan Moore provocou mais uma inovação na história das HQs. Utilizando um panteão de heróis escanteados de segunda linha resgatou temas convencionais de super-heróis. O enredo traz à tona questões sociais, políticas como por exemplo o "vigilantismo", a política imperialista norte americana e as tensões da Guerra Fria. Tudo isso é acompanhado de uma discussão filosófica sobre o tempo e o que somos nas passagens do Dr. Manhatan. Alan Moore transformou o universo das HQs em algo profundo, debatendo temas extremamente adultos.

Se você também adora as histórias em quadrinhos, uma dica é utilizar o cupom de desconto Submarino para comprar livros e HQs com um preço ainda melhor. 

Conhece alguma outra HQ que marcou história? Compartilhe com a gente nos comentários!

Imagens: Etsy.com, DC Wiki, Leitor Cabuloso, Nerd Play, Proibido Ler, Spoiler Cultural, Spider-Man & Etc, Lupino Polonês, Pingo Sem I. 

3 de jul de 2017

Conversa de café: Brucutus e filmes de ação

donna rita - srmarido - conversa de café - brucutus e filmes de ação
Ele só querida tomar um café...

Queridos e queridas...

Hoje é dia de papear acerca dos heróis que povoaram a cultura e  o imaginário cinematográfica da década de 80 e 90. Nossos queridos heróis que nos ensinaram a como superar os obstáculos na base do tiro, porrada e bomba. Por de trás de toda aquela violência existia também uma série de valores que permearam os anos 90 e meados de 2000. Esses enlatados americanos foram responsáveis por influenciar muitas daquelas crianças que hoje são adultos - alguns com sérios problemas mentais, outros nem tanto. 

O objetivo desse post é fazer uma listinha de cinco filmes essenciais para você que ainda não assistiu - e deve corrigir essa falha de caráter - e para você que é saudosista daqueles tempos de filmes de grande porradaria. Afinal de contas, quem nunca brincou de Rambo?

Bora lá.

Conan, o Bárnaro (1982)...

donna rita - srmarido - conversa de café - brucutus e filmes de ação

Por favor, não confunda a relíquia de 1982 com o filme meia boca do Momoa de 2011. Este clássico é uma adaptação dos romances de Robert E Howard que envolviam as peripécias do nosso querido cimério. Uma excelente película de ação, poucos diálogos e muitas tramoias ambientadas em um mundo medieval caótico cheio de mistérios. O que contribui para grandeza de Conan é o carisma de Arnold Swarzenegger, logo no início da carreira, em busca de um lugar ao sol.

A franquia ainda teve uma sequencia em 1984 intitulada Conan, o Destruidor. Esse não foi tão brilhante quanto o primeiro, mas ainda tem um peso considerável, ainda mais com a cena marcante da luta contra o mago macaco.

Corrija essa sua falha de caráter e assista agora.... rsrs

Duro de Matar (1988)...

donna rita - srmarido - conversa de café - brucutus e filmes de ação

Um dos melhores filmes de ação de todos os tempos, Duro de Matar nos ensinou que um bom brucutu também pode levar muita porrada. John Mclane apareceu em uma época onde os heróis pareciam inatingíveis, intocáveis, imortais. O protagonista da franquia inovou ao terminar os filmes de maneira decrépita, pelo menos nos primeiros.

Essa era a graça. O super trunfo do enredo era sempre encerrar o filme com o herói quase nas últimas, todos lascado. Tanto que os últimos filmes não têm nenhuma graça, uma vez que John se comporta mais como um herói do que como um "tira" em um dia ruim.

Desejo de matar (1974)...

donna rita - srmarido - conversa de café - brucutus e filmes de ação

Grande Charles Bronson, esse foi um dos primeiros heróis de filmes de ação. Um senhor que apenas procura vingança contra alguns punks que molestaram sua família. Sangue, tiros, e a mesma sequência de socos, para todos os lados. Bronson é realmente um homem que sabe resolver os seus problemas. 

O mais irônico de tudo é que a franquia fez um sucesso tremendo devido ao seu caráter de "justiça com as próprias mãos", o que era exatamente ao contrário da ideia pregada no livro. Isso mesmo, "Desejo de Matar" é baseado em um romance policial que traz muitas críticas ao modo vigilante.

O alvo (1993)...

donna rita - srmarido - conversa de café - brucutus e filmes de ação

Essa lista de ação não poderia terminar sem trazer umas das melhores pérolas de filmografia dos anos 90. Este filme não está aqui somente pela beleza e peculiaridade dos cabelos de Van Damme, no melhor estilo mullet, mas sim pela surrealidade do roteiro. É difícil imaginar algumas coisas assim.

Nesse filme nosso querido dragão branco trabalha em um cais e sinceramente não me lembro de onde veio a ideia de ele ajudar uma família. Assim como todo bom herói, "Chance" decidiu ajudar uma família desesperada e com isso acabou sendo alvo de uma grande corporação responsável por promover um grande safari humano. Grande ideia. Palmas para os roteiristas. Dane-se o Oscar, eu quero mais Van Damme.

Rambo (1982)...

donna rita - srmarido - conversa de café - brucutus e filmes de ação

John Rambo era apenas um soldado, com uma série de problemas mentais, ex boina verde que ainda vivia atormentado pelos horrores do Vietnam. Tirou um dia de folga para visitar um amigo em uma cidadezinha pequena do interior dos EUA. Ficou chocado ao saber que seu fiel companheiro de batalhas havia morrido de câncer.

Totalmente deslocado na vida só queria tomar um café até que começou tomar um bullyng de um xerife extremamente moralista, puritano. Temos uma cena espetacular de fuga, e ma perseguição no melhor estilo "gato e rato", onde temos vários policiais fora de forma atrás de um super soldado americano. Sensacional, um dos melhores filmes que você vera na vida.

Para mais informações do universo dos heróis de ação é só assistir ao vídeo abaixo, e de quebra testemunhar minhas habilidades fecais  no universo dos games...



E esse foi o nosso papo bem maroto sobre filmes de ação. Sem dúvidas deve ter faltado alguma boa película, portanto fique à vontade para dar uma sugestão nos comentários.

Um braço e até a próxima...

© Donna Rita - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Donna Rita.
Programado por: Seis Mil Milhas.