13 de jun de 2016

Conversa de café - Invocação do Mal 2


Não contém spoilers...

Dois fatos ficaram marcados ao assistir a esse filme: Primeiro, criei uma nova definição para a expressão cagaço; Segundo, Silvio Santos é o grande propagador de spoliers da televisão brasileira.

Poucas são as franquias em que a sequência consegue ser ainda melhor que o primeiro, dá pra contar nos dedos quantas vezes isso ocorreu. "Invocação do Mal 2" é um do casos que rompem esse paradigma. Conseguiu mostrar algo novo, mesmo que a fórmula seja praticamente a mesma. Esqueça Annabelle, que até rendeu bons sustos, mas como filme deixou algumas coisas a desejar. O novo filme da franquia Invocação do Mal se mostrou bem mais completo, um filme maduro, completo por si só. Assim como é claro também o amadurecimento de um jovem chamado James Wan.

Já na franquia "Sobrenatural" Wan mostrou sua capacidade para fazer algo diferente dentro do gênero do horror. E sua evolução pôde ser observada no decorrer das sequências. O primeiro nem foi tão bom, o segundo foi bem médio e o terceiro foi sem dúvida o melhor dos três. Marcante, com doses certas de humor e horror.

Dentro dessa gradativa evolução Wan trouxe "Invocação do Mal", que na época nem liguei muito, sinceramente nem me lembro quais circunstâncias me levaram ao cinema, mas fiquei horrorizado. E isso é bom já que estamos falando de um filme de horror. Vi por diversas vezes, me impressionei em todas elas com Batsheeda, e mostrei para todos vieram até minha casa. Tenho até o blu ray e considero um dos meus favoritos. Fui surpreendido dentro de um gênero que já parecia bem desgastado.

Ai veio o spin off Anabelle. Confesso que já gostei bem mais desse filme, hoje sou obrigado a reconhecer que é bem fraquinho, cheio de furos no roteiro e com um final bem fecal para agradar a toda a família. Mesmo assim tenho uma consideração por ele. Sabe aquele desenho feio que o filho faz e o pai orgulhoso pendura na porta da geladeira? Anabelle me parece bem isso, uma obra meio feia, que rendeu alguns sustinhos até, no entanto o conjunto é bem fraquinho. Ficou bem abaixo da expectativa.

Aliás, prepare-se para um possível spin off do "Homem torto". Com certeza alguém vai ter a ideia de fazer um longa sobre, e com certeza vai ser de gosto duvidoso. Aguarde e confie.


Em um de minhas conversas com Donna Rita disse que esperava um filme bom, e ponto. Leia-se um filme que, usando a mesma fórmula de seu antecessor, ia trazer um perigo novo a ser combatido pelo casal Warren. Tudo bem que aborda um caso real novamente, o caso sobrenatural mais documentado de todos os tempos, mas sinceramente não achei grande coisa. Que bom que estava enganado. Acompanhei alguns vídeos ai pelo youtube, como por exemplo o Canal Assombrado, que trouxe muitas informações sobre o caso real: Conhecido como o Poltergeist de Enfield. Fica a dica, acompanhe o vídeo abaixo, é totalmente livre de spoilers, ao contrário das pegadinhas do Silvio Santos. Quem sabe assim ele te instiga a assistir ao filme.


O filme tem como cenário o pacato subúrbio de Enfield, Londres, em plena década de 70. O simpático país britânico encontrava-se em uma crise graças ao liberalismo selvagem de Margaret Thatcher, e com isso as classes menos favorecidas pagavam o preço. Toda esse instabilidade econômica e psicológica deram vasão para os acontecimentos paranormais da pobre família. Em suma: uma menininha se encontra atormentada por uma entidade, e o casal Warren é incumbido de certificar a autenticidade do caso para a Igreja. Isso mesmo, eles não investigam, simplesmente presenciam o caso.

"Invocação do Mal 2" trabalha também com a polêmica acerca do caso real. O poltergeist de Enfield ainda é um caso muito polêmico, assim como Amytville, e muitos contestam a legitimidade alegando que nada era mais do que pura traquinagem das crianças. O enredo trabalha muio bem essa ideia, e em uma sequencia de plot twists, o telespectador acaba não tendo certeza acerca do desfecho do enredo.

Outro ponto forte é a caracterização do elemento sobrenatural. Acredite em mim, Batsheeda assustou, mas não é nada perto da nova ameaça. Para se ter uma ideia, Donna Rita, pessoa dura do jeito que é, esboçou algumas lágrimas de nervosismo ao se deparar com o sobrenatural. Eu mesmo me peguei tendo cuidado ao olhar para o retrovisor no percurso de volta após a sessão do filme.


"Invocação do Mal 2" é um filme de horror excelente, quer você goste de sentir um "medinho" ou não. Superou seus antecessores em todos o quesitos, como já dito acima um filme completo por si só. De maneira muito sútil faz uma ligação ou outra com os filmes anteriores, nada grosseiro, nada que subestime a capacidade intelectual do telespectador.

Assista. E se divirta, ou não, com esse grande sucesso.


 Esse foi mais um post do Sr. Marido que escreveu e saiu correndo para bater três vezes na madeira.

Bjss e abraçoss...


Comentário(s) pelo Facebook:

12 comentários:

  1. Se eu já estava com medinho de assistir agora já estou com mto medo. Acho melhor só ler comentários e críticas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme é uma obra de arte que deve ser assistido, nem que seja no conforto e na segurança do lar .. rrsr

      Excluir
  2. Adoro filmes de terror, mas confesso q estou um tanto apavorada pra assistir, assisti Anabelle no cinema e levei alguns sustos, j;á sei q vou me apavorar nesse, mas estou curiosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha... Se vc ficou assustada com Anabelle com certeza vai ficar um pouco mais com Invocação do Mal 2, vale a pena.. rrs

      Excluir
  3. Adoro filmes de terror e não ´pe a primeira vez que ouço elogios desse filme. Olha, ultimamente só vi filme fraco mesmo e espero que esse seja muito bom, pois estou com saudades de ver um desse gênero com força total!
    Curto o canal assombrado, adoro eles!

    www.universopraticofeminino.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava um pouco decepcionado com o gênero no cinema. Fiquei um tempo procurando jogos, que na minha opinião são mais imersivos. Mas, os filmes de James Wan me instigaram novamente, e tomara que continuem sendo tão bons..rrs

      Excluir
  4. Eu adorei esse filme, fui sem esperar tanto por ele. E no final tive uma surpresa. Muitos sustos até pra quem já é macaco velho nessa de filmes de terror. hahaha Eu veria de novo, com certeza. Esse filme foi muito bem feito e amarrado. Só não gostei muito da computação gráfica usada no Homem Torto, achei que ficou muito fictício. Mas está impecável todo o resto. :)

    http://seismilmilhas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Homem Torto ficou uma coisa meio Tim Burton. Acredito que foi algo proposital, meio que para representar a imaginação da criança. Show de bola..rs

      Excluir
  5. Ainda não consegui fazer com que o Robson saia pra assistir comigo. Já insisti, mas ele acabou vendo eu conversar com a Rita sobre o filme, hahahaha. Pelo menos sei que, se acabarmos indo, ou esperar na Sky, vai valer a pena!

    Beijos casal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenham conseguido assistir, é um daqueles filmes que fazem valar a pena uma ida ao cinema.

      Bjss

      Excluir
  6. Hahaha Sr. Marido muito obrigada por me fazer desistir completamente de ver o filme... Ficaria semanas dormindo de luz acesas.

    http://www.leiturasecomidinhas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha... Que isso, dá uma chance para ele, nem que seja no conforto e na segurança do lar ... rrs

      Excluir

Parece clichê, nós sabemos, mas é a mais pura verdade: seu comentário é muito importante para nós! Então não se reprima e diga o que você pensa! Caso queira ter uma conversa mais longa, fique a vontade para nos enviar um e-mail. O endereço é esse aqui donnarita.artesemimos@gmail.com E lembre-se: sinta-se em casa!

© Donna Rita - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Donna Rita.
Programado por: Seis Mil Milhas.