25 de jan de 2016

Conversa de café: O cinema e as trilhas sonoras de cair o cabelo

Conversa de café: As trilhas sonoras mais bacanudas do cinema....

Queridos e queridas...

Sabe aquela aquela musiquinha de fundo que casa muito bem com a cena? Que transmite toda a emoção, que realmente traz a experiência do filme para bem próximo de você? Capaz de verter lágrimas, amolecendo até o coração mais peludo?

Pois é, uma trilha sonora bem feita é capaz de salvar ou até mesmo elevar o patamar de um filme.

Estou aqui mais uma vez - agora mais tranquilo, uma vez que aquela última postagem de "diário de uma forma física" me deixou um pouco tenso -  para falar das trilhas mais marcantes do cinema. Pelos menos na minha humilde opinião fecal.

É um assunto que não abordei  ainda aqui no "Conversa de Café", mas merece todo o meu respeito, já que sou um admirador das grandes composições do mundo cinematográfico. Então, chega de enrolação, e vamos diretamente ao que interessa...

1) Star Wars: Uma nova esperança... Sei que a franquia tem músicas mais icônicas que essa, mas poucas ornam tão bem com a cena. Fantástico. A "Force Theme" sendo tocada durante o pôr do sol em Tatooine é demais. 

Poucas coisas conseguem ser mais bem feitas no cinema.




2ª) Interestellar... Hans Zimmer apareceu monstruosamente em Interestellar. Uma trilha sonora meio perturbadora, bem a cara do filme, que nem sei como descrever direito. É algo que incomoda, expressa solidão, claustrofobia, desespero. Mas ao mesmo tempo traz um toque de ressurgimento, e esperança. É tudo uma micareta de emoções muito bem feita.

Sei lá, talvez seja só impressão minha, coisa da minha cabeça. Talvez eu nem tenha saído do buraco negro ainda. 





3ª) Jurassic Park... Olha o Jhon Willians aparecendo aqui novamente, agora com seus amiguinhos dinossauros para um passeio no parque. Fica difícil falar dessa trilha sonora, pois eu tenho uma memória afetiva muito grande. Adorava dinossauros quando era apenas um pimpolho juvenil, ficava horas e horas brincando com meus pequenos amigos de plástico, recriando as cenas do filme.

Até cogitei a ideia de estudar paleontologia, mas passou rápido...




4ª) Conan, o Bárbaro... Esse filme do carismático Schwarza é simplesmente fantástico. Um verdadeiro manual do bom bárbaro. Um dos melhores filmes de aventura de todos os tempos - lógico se você levar em consideração a data em que foi feito e os recursos da época. Muito melhor que a bosta do remake com o tal do  Momoa.

Levei meus dvds do Conan para o final de semana na praia, caso chovesse, e fez o maior sucesso entre a galera. Show...

Só o tema principal já é suficiente para elevar os índices de testosterona.... 






5º) O Hobbit: Uma jornada inesperada... Misty Mountains Cold foi uma das melhores coisas que aconteceram no Hobbit. Torci para que os três filmes fossem tão bons quanto o "Senhor dos Anéis", mas não deu. Inocência minha, pensando agora acho que nunca seriam. Apesar da franquia ter tomado um rumo muito confuso duas coisas se salvaram: Martin Freeman e a Misty Moutain.

Essa música não podia ficar de fora de jeito nenhum, uma vez que foi o tema da troca de alianças do meu casamento com a Donna Rita...





Me dá até vontade de fumar um cachimbo e sair andando descalço por aí, sem rumo...

Bjsss e abraçosss...



Comentário(s) pelo Facebook:

2 comentários:

  1. Tem tantas trilhas sonoras muito lindas como Back to the Future de Alan Silvestri, Hedwig's Theme de John Williams, Somewhere in Time de John Barry, etc... Amo trilhas sonoras!!

    Beijinhos para vocês

    ResponderExcluir
  2. Trilhas sonoras são simplesmente fantásticas.. Elas podem vender muito bem a ideia de um filme..

    ResponderExcluir

Parece clichê, nós sabemos, mas é a mais pura verdade: seu comentário é muito importante para nós! Então não se reprima e diga o que você pensa! Caso queira ter uma conversa mais longa, fique a vontade para nos enviar um e-mail. O endereço é esse aqui donnarita.artesemimos@gmail.com E lembre-se: sinta-se em casa!

© Donna Rita - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Donna Rita.
Programado por: Seis Mil Milhas.