28 de jan de 2014

1º Desafio do Grupo Encadernação, Cartonagem e tudo mais (e Donna Rita)

  
    Muito bem, muito bem, bem, bem!!!
   Começando a cumprir as promessas de 2014, vamos ao nosso primeiro desafio!
    Aproveitando as ideias que foram lançadas no grupo Encadernação, Cartonagem e tudo mais, o passo a passo de um estojo em cartonagem postado pela Celeste Santos e a criatividade da Mãe do Japinha nasceu o nosso primeiro desafio, mas antes de dizer qual será, vamos ao como participar, que valerá para todos os desafios de agora em diante. Let's go people!!!

Como participar:

  • Siga o passo a passo do desafio em questão e na falta de um, se inspire nas fotos que acompanharão a proposta do desafio.
  • Todo mundo pode participar, basta confeccionar sua peça de acordo com a proposta.
  • Todos os desafios terão prazos longos que serão fixados no momento da proposta.
  • Faça uma fotografia bem linda (e por favor, não coloque a marca d'água em cima da peça, não é legal, mas isso é assunto pra outra hora...) e publique na sua página ou perfil do facebook, vale também seu blog ou site. Quem fizer parte do grupo também pode postar lá, mas não esqueça de postar no seu cantinho. Links que não forem enviados no email não serão incluídos posteriormente.
  • Envie um email para donnarita.artesemimos@gmail.com No assunto do email coloque qual é o desafio (exemplo 1ºdesafio - estojo em cartonagem); no corpo do email coloque seu nome e o link que leva para a sua imagem postada anteriormente e por último anexe 1 foto (sim apenas uma) que você quer que seja publicada na galeria do desafio. (Você pode fazer uma montagem com suas fotos, mas caso você envie mais de uma foto, escolherei apenas uma para a postagem. Eu não farei a montagem das fotos por uma questão de gestão.)
  • Emails que forem postados após a data estipulada para o desafio, não terão sua foto publicada na galeria (senão vira a festa da uva e assim não dá! kkkkkk).
  • Apesar de ser um desafio, não elegeremos apenas um vencedor. Será criada uma galeria de fotos linkadas aqui no blog e no nosso grupo do facebook.
  • Não publicaremos links de lojas, então link sua foto na sua página do facebook ou em outro canal de comunicação que você utilize.
  • Qualquer dúvida nos mande um email.  
__________________________________________________________________________________

    E agora vamos ao que interessa (que rufem os tambores):

1º Desafio: Estojo em Cartonagem

     Você está sendo desafiad@ neste momento a fazer este lindo Estojo em Cartonagem da foto aí de cima! E pra ficar mais fácil ainda tem passo a passo em vídeo! Passo a passo feito pela Artesã Andrea Paganotti no Programa Arte Brasil.
    O passo a passo está dividido em duas partes então preste atenção:

    Acesse o primeiro vídeo AQUI e assista a partir do minuto 30.
    Para a segunda parte clique AQUI e assista.

    A lista de materiais você também encontra descrita na segunda parte da aula, logo abaixo do vídeo.

    Viu que fácil? Mas não é só isso! A proposta desse desafio é que você utilize sua criatividade e USE TECIDOS DIFERENTES DOS HABITUAIS. Pode ser uma combinação de cores legais, tecidos de coleções novas, outros tipos de revestimentos... Enfim, sua criatividade entra aqui neste quesito: revestimento da peça.

    Você tem até o dia 23 de fevereiro para participar e enviar o seu email. A galeria será publicada no dia 28 de fevereiro.

    Seguem as medidas para facilitar a visualização. (Clique na imagem para deixá-la em tamanho maior).
    E agora mãos a obra!!!

    Espero ansiosa pelas lindezas que virão!!!

   Beijitos!!!

   

26 de jan de 2014

Aos domingos #4


Imagem: Google imagens

    Hoje o post domingo será um pouco diferente... Ao invés de linkar textos legais de outros sites, hoje será um texto daqui mesmo, então entre e fique a vontade!
    Este texto que vocês vão ler é resultado de várias conversas de bastidores entre a Mãe do Japinha e a Donna Rita, que no momento vós fala. A maior parte dele foi escrito pela Mãe do Japinha, a doce e enlouquecida Raquel, que se propôs, como sempre, a me ajudar! Quero que fique claro que é um desabafo e expressa a nossa opinião. Você não é obrigad@ a lê-lo, nem a concordar ou discordar, mas ficaremos felizes se você conseguir lê-lo por inteiro e que te faça refletir, nem que seja um pouquinho, sobre suas ações, seja no mundo real, seja no mundo virtual... Boa leitura!!!

 Desabafo a 4 mãos: Ética, respeito e educação. Por que você acha tão difícil ter? 

    Eu sou quase quarentona e tive uma educação muito diferente das gerações que vieram depois da minha e agora me pergunto: “Por que as mães da minha idade não educam mais seus filhos só com o olhar?”
    Minha mãe até hoje se acha no direito de nos chamar a atenção, minha e de meus irmãos, em público, esteja quem estiver por perto, basta sair um palavrão da nossa boca... “Quem é ela pra falar assim comigo, eu que sou mulher velha, mãe de outro ser?” Aí me lembro, ela é minha mãe e tem mesmo o direito de nos endireitar até o final de nossas vidas! Pois é exatamente este comportamento dela que me trouxe até aqui. Ela me educou com o olhar e me disse que certas coisas não seriam aceitas sob nenhuma circunstância.
    Óbvio que eu me rebelo, xingo, resmungo e revido, mas em 100% das vezes que fui chamada a atenção, eu não estou fazendo mal a ninguém: não me aposso de nada que não seja meu e tento ao máximo ajudar, mesmo quando nem fui solicitada... Às vezes pega até mal, mas quando vejo já me meti na conversa do outro entregando a caneta que ele diz precisar ao telefone ou indicando o caminho certo quando nem fui perguntada... Acontece gente! Meus ouvidos ouvem e meu cérebro manda meu corpo fazer... Essa é a tal da “vida real”, o meu dia-a-dia... Mas aí...
    ... Eu me deparo com a internet! Esse universo paralelo e tão presente em nossas vidas, tão singular e tão múltiplo, que abriga tanta coisa bacana e: Tanta gente sem noção!
    Pelos becos e avenidas internéticas que navego, me deparo diversas vezes, isso que você leu mesmo, diversas vezes, com gente que USA fotos de outros sites e publica na sua página ou no perfil do Facebook sem dar os devidos créditos! E pior, têm a pachorra de dizer que "estava na internet"! Meu povo, internet tem dono também, não é terra de ninguém, ao contrário, é terra de todos e por isso tem cópia sem permissão, violação de direitos e mesmo que você não saiba, também já tem legislação e até alguma cadeia para seus atos fora da lei! Isso mesmo, internet não é terra sem lei! Não é campeonato de Vale Tudo (que nem vale a comparação, porque também tem regras !!!) Pra quem acha que não estou falando sério, dá uma olhadinha aqui, Lei 9610/98 ela existe!
    Há uns cinco anos, eu enviei um email a uma artesã, com a qual eu tinha algum contato, avisando que o grupo dela no velho e falecido Orkut havia postado uma foto sem crédito, foto essa que pertencia a uma famosa artista americana do ramo e de quem eu tinha o livro com as imagens e os créditos. Sabem o que ela fez? (aí você pensa, foi lá e deu os créditos a artista que estudou, perdeu tempo, investiu dinheiro para ter aquele trabalho fotografado e colocado na internet, só que não) Fofoca! Ficaram de mi-mi-mi dentro do tal grupo e ficaram falando mal de mim no orkut em mensagens abertas.
     Oooohhhhhh!!!! Que mundo mal!!! Se espantou? Mas que valores são esses que se invertem? Bem que vira o mal... Pois é, pra elas era muito natural SE APROPRIAR da imagem alheia e colocar em seu site, porque pegaram na internet. Gente, ninguém PEGA nada na internet. Tudo ali tem dono. E o dono está vinculado de alguma forma ao site de onde a tal imagem / texto / vídeo está sendo divulgada. É muito fácil de saber quem são, simplesmente buscando a origem da postagem. Fácil? Nem sempre... Esta prática da apropriação já está tão arraigada que às vezes fica difícil achar de onde realmente veio aquela informação...
    Junto com os APROPRIADORES, tem os SEM NOÇÃO, que, aliás, são maioria nas redes sociais. Estes CERUMANOS postam declarações abertas que vão dar print, gravar com suas câmeras, celulares e smartphones, as aulas transmitidas de graça, de um curso que depois será comercializado. E não é só isso, diz isso na página de divulgação do tal curso! E mesmo dizendo que vai assistir e se apropriar indevidamente do curso, ainda detona dizendo que prefere aulas presenciais... Oi? Como? Eu li bem? Será possível? Mamãe não te deu educação?! Nesse caso, acho que só a amputação de ambos os braços resolveria o caso da meliante...
    E além disso, é um tal de oferecer a revenda de curso, dividir senha com a galera pra rachar custo, repassar arquivo com direito autoral, não usar as licenças comerciais de shapes da internet, vender o que é feito para uso pessoal... E tudo isso na cara dura, no post de divulgação do curso ou no grupo onde está escrito claramente nas regras que não se pode compartilhar tais e tais arquivos! Câmbio, Terra chamando!
     Lei no Brasil é uma coisa que não entra na moda mesmo. São diversas práticas culturais que já estão tão difundidas que todo mundo acaba achando normal. A nossa Constituição serve mais de enfeite e para dar nó na língua com seu vocabulário tão rebuscado e excludente, ou ainda, pra safar da cadeia os SAFADOS deste país, do que como diretriz de conduta coletiva. Cansei de ver gente entrando em loja pra "investigar" um produto pra copiar. Não se dá o trabalho de ao menos comprá-lo pra pesquisar no aconchego de seu lar, e ainda é capaz de pedir informações para quem fez sobre o funcionamento ou a execução do produto. Peraí, repete? Vou explicar melhor: gente que entra na página VIRTUAL de trabalho REAL de um artesão e fica postando comentários com outras pessoas sobre como copiar o artefato “tão lindo” e claro, vender mais barato! Porque afinal, este cerumano não teve trabalho algum em criar. E acha normal tamanha FALTA DE RESPEITO, EDUCAÇÃO E DECORO. Mas fica bravinha quando recebe o mesmo golpe ou outro golpe qualquer.
    (O texto já está enorme, mas preciso continuar... Pode fazer uma pausa e tomar um água, mas volte que é importante.)
    Eu devo estar mesmo maluca. Ontem meu filho tomou um tapa no parquinho, de um menino com quem estava brincando, sem motivo algum. A mãezinha do pequeno agressor estava ao lado, mas não disse “PI”. Eu fiquei esperando a reação dela, afinal o filho bulling era o dela, mas a fofa fingiu demência e fez de conta que nem sabia sobre o que meu filho gritava em alto e bom som: "Mamãe ele me bateu!"
    Acalmei minha cria e fiquei em cima, como um urubu. Quando o moleque colocou a novamente a mão no meu filho, querendo impedi-lo de passar, gritei para todos ouvirem, puxando meu Japinha: "meu filho, não quero que você brinque mais com esse menininho porque a responsável não toma conta dele. Mas se quiser brincar com aquele outro menino, você pode. Esse aqui não.”
    Os outros adultos do parque disseram que esse é um menininho que sempre está envolvido em confusões e que ninguém nunca briga com ele. Ele bate, empurra e fala que tudo dele é melhor e tudo de todo mundo não é bom. Vejam bem, a criaturinha não tem cinco anos! Pode até ser que ele tenha jeito no futuro, ou não, mas o que é educar hoje em dia?
    Meu filho tem quase quatro anos. Desde seu nascimento eu abri meu escritório em casa. Ele vai a creche por seis horas diárias e o resto do tempo está comigo ou com o Pai. Sei que nem todo mundo pode abrir um negócio, trabalhar em casa ou abrir mão da renda para o sustento da família. Mas o que mais vejo por aí são pais sem paciência para educar. O pensamento parece ser o seguinte: Meu filho quer e se eu der ele vai me deixar ver tv /dormir/facebookear, então... Toma agora, vai lá! Os pais não estão se dando conta do estrago que estão fazendo.
    E não é só dos que estão fora o dia todo, vejo muitas mães que ficaram em casa, têm empregada todo dia, algumas com babá, e nem por isso tomam a atitude de intervir nas horas necessárias. Segue a experiência... Outro dia uma amiga veio até minha casa com seus três filhos e a babá. O filho nº 2 resolveu brincar com as massinhas do Japinha e resolveu que seria legal misturar todas. Como aqui em casa não funciona assim, expliquei: aqui na minha casa as massinhas começam e terminam a brincadeira na mesma cor, que elas não se misturam. E aí, entra a santa interferência da mãe do artista: Ah, mas eu tenho três filhos (ênfase no sofrimento da criatura, como se a tivessem embuchado contra sua vontade) e lá em casa, pra conseguir paz, todas as massinhas são cinzas!”
    Silêncio. Eu juro que engoli seco... Eu podia ter dito um monte de coisas, mas pensei que ela deveria estar mesmo muito cansada com três filhos e a babá (lembrem-se do sofrimento) para que CARADEPAUMENTE me respondesse e interviesse com tamanha FALTA DE RESPEITO dentro da minha própria casa. Eu recolhi a massinha, porque O MEU FILHO não pode arcar com a falta de modos dos outros. Meu filho tem direito a brincar com a massinha azul, verde e branca. O filho dela que se limite ao cinza... Pena que só consigo garantir isso aqui na minha casa, com minhas ações. Quantos de nós não estamos nos limitando ao cinza da falta de educação e falta de consideração com o próximo? Quantos não estamos vivendo no cinza do egoísmo e hedonismo?
    Educação é algo que se recebe. Mas que também se conquista. Então você pode mudar, a qualquer momento! Meus pais me ensinaram a pedir desculpas e com o passar dos anos percebi que quanto mais desculpas eu pedia, mais fácil seria para pedir na próxima vez que precisasse. Tem gente que não sabe pedir desculpas e nem dizer obrigada. Outro causo: um dia desses uma cliente, que há uns meses me deu o maior passa fora mega grosseiro e eu tive que entubar, me ligou numa linda tarde de domingo pedindo ajuda no preenchimento de um formulário. Ok. Por quê não? Depois que eu a orientei, ela abriu sua boquinha abençoada e disse: "ah é, tava bem aqui, eu que não tinha marcado essa opção, tchau!". Tchau. Tchau? Como assim tchau? Não tá faltando nada não? De nada pra você também!!! Agradecer pra quê?! Deve dar um trabalho imenso falar todas essas QUATRO sílabas: O-BRI-GA-DA!
    Por favor então, nem se fabrica mais! Artigo raro, está sempre indisponível no estoque. Eu repito toda vez pro Japinha quando ele me pede algo: e tá faltando o quê ? Aí ele diz: o POR FAVOR. É chato? Sim, muito. Dá trabalho? Sim, pra cacete. Mas e daí? É assim que ele vai aprender a dizer por favor quando pedir algo pra alguém. SEMPRE!
    E aí está onde eu queria chegar. Acho que isso falta isso aos pais e mães de hoje: o trabalho de educar. Dar brinquedos é muito bom, a criança acalma e nos deixa em paz, fica feliz por cinco minutos... Mas e depois? Depois ela vai se apropriar do trabalho alheio na internet como se fosse de ninguém; vai bater no amiguinho sem motivo; vai pegar o que quer e sair sem agradecer; vai te vender uma mercadoria e não te entregar; vai deixar o idoso em pé no transporte público; vai achar normal dizer mentiras; vai achar legal tirar proveito de todas as situações; e vai e vai e vai.
    Porque todo mundo reclama quando toma uma fechada no trânsito,mas se acha o maior dos malandros quando recebe um troco a mais na padaria e vai pra casa com "lucro". Falar do outro é muito fácil. Olhar pro umbigo e mudar é difícil pra caramba. Mas é como dieta, reeducação alimentar, fazer exercícios, trair e coçar: é só começar ! Tente uma vez por dia intervir na mal criação do seu filho ficando um tempo com ele ao invés de largá-lo no parquinho sem supervisão. Ou peça “por favor” a sua secretária, empregada doméstica, síndico, marido, irmão, mãe, que já não são escravos de ninguém há mais de cem anos! Sorria para o frentista quando for abastecer o carro, agradeça ao porteiro quando ele segurar a porta, diga bom dia, boa tarde e boa noite! Eu vejo tanta gente reclamar que fulano não faz e quando vamos ver mais de perto, o reclamante fez menos ainda! Eu adoro entrar numa empresa nova e ouvir que beltrano tem a maior má vontade pra ajudar. Fato suspeito é que nunca fiquei na mão com esses beltranos folgados. Será que é porque simplesmente usei as palavras mágicas que enfeitiçam o sujeito, ditas em um ritual ou foi porque fui educada e coloquei em prática a noção de respeito que tenho para pedir o que precisava? E depois consegui novamente, pois desde a primeira vez que fui ajudada recompensei com gestos simples, como oferecer uma fatia de bolo no lanche da tarde.
    Precisamos dividir o que é nosso e não somente aquilo que PEGUEI na internet. Me assusta e entristece perceber que a cada dia me deparo com mais gente mesquinha, pobre de espírito, usurpadora, egoísta e folgada. Eu e todo mundo, certamente!
    E por isso vou perder minha fé no próximo? De jeito algum!
    Continuo assando bolos para os amigos e ajudantes, distribuindo por aí, com sorriso no rosto. Tem dia que a bandeja demora a voltar. Tem dia que volta cheia de novas gostosuras. E tem dias, infelizmente, que volta com fel... Paciência! Tem gente que não sabe dar porque não está acostumada a receber. Insista! Nem que seja sua "vingança pessoal": A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena vou amolecer essa pessoa irritante!!! Kkkkkk Use como um mantra! Coisas simples mudam um dia, seja o seu ou de outra pessoa. Se todos se esforçassem pra fazer uma pessoa qualquer feliz por dia, o mundo não estaria o caos que a gente vê por aí. E eu e a Donna Rita não estaríamos escrevendo este texto gigante pra expor o que nos incomoda tanto!
    E por último, pracabá, pedimos encarecidamente, por obséquio: Sorria quando for falar com alguém! Não custa nada e se ainda assim você achar que é muito sacrifício, lembre-se que o sorriso ajuda a manter a pele do rosto elástica. Então você vai sorrir pro seu próprio bem e economizar com as plásticas!

22 de jan de 2014

Tutorial: Japinhas em feltro


    Oi gente bonita!!!
   Hoje eu vim compartilhar com vocês um trabalho MA-RA-VI-LHO-SO! 
   Em uma das minhas andanças internéticas conheci o trabalho da Fernanda Lacerda, da Boutique do Feltro, e fiquei extremamente apaixonada pela delicadeza e beleza das artes dessa moça! Visitem o site e vejam sobre o que eu estou falando, só tem coisas lindas...
   Pois bem, a Fernanda postou um passo a passo lá em seu site e gentilmente autorizou que eu o publicasse por aqui também. Vou postar o vídeo e os moldes que ela disponibilizou, mas vocês vão me prometer, sem cruzar os dedos, que vão olhar a postagem original feita por ela.
   Então, fiquem com toda a fofura deste trabalho, que salta aos olhos todo seu carinho e capricho.




   Tenho certeza que vocês se apaixonaram tanto quanto eu...

   Beijitos!

21 de jan de 2014

Capa para caderno de receitas da Vanessa


   Minha colega Vanessa adora artesanato e encomendou esta capa para deixar seu caderno de receitas pessoal com a cara dela: fofo e organizado.
   Obrigada Vanessa, foi um prazer confeccionar esta peça para você.



Descrição:
Capa para caderno 1/4.
Em patchwork.
Marcador de páginas embutido em fita de gorgurão decorada.
Tag em feltro, caseada a mão com ponto "blanket stich".

20 de jan de 2014

4 Passos para a escolha de uma impressora...

    
    Queridos amigos e amigas, artesãos e artesãs, amantes das manufaturas....

   Hoje aqui no DonnaRita decidi compartilhar uma experiência que tivemos aqui no nosso ateliê. Uma pergunta surgiu e ocupou nossas cabeças, perturbou nossas noites de sono, durante algum tempo: 


    “...Qual seria a impressora ideal para o trabalho de DonnaRita?..."





   Se vocês permitirem, gostaria de compartilhar algumas dicas que descobrimos andando pelos cantos escuros e becos, muitas vezes imundos, da internet. 


   A primeira coisa que você deverá ter em mente é qual seria a utilidade para esse equipamento. Você deve se perguntar como gostaria de trabalhar com a impressora, por exemplo, impressoras a laser são as melhores que existem quando o trabalho envolve impressão de fotos e um grande volume de impressões por mês. Impressoras jato de tinta, além de serem mais baratas, são adequadas para o trabalho com impressões coloridas e uso doméstico.
  Quando me refiro a impressão a jato de tinta , existem dois tipos: as de cartuchos (que são as mais comuns) e as com "bulk ink".  O bulk ink é um sistema contínuo de tinta. São reservatórios com maior capacidade de armazenamentos das tintas e que substituem os cartuchos. Algumas impressoras já possuem estes dispositivos de fábrica, como os modelos L355 e L800 da Epson, por exemplo, mas também pode ser instalado na impressora que você já tem. É um dispositivo que depois de instalado acaba com a necessidade de remoção dos cartuchos de tinta para recarregá-los basta apenas adicionar tinta nos reservatórios para o sistema voltar a funcionar. E também corresponde a uma economia de 95% em relação aos cartuchos tradicionais. 

   Calma lá, é tranquilo de entender, varia de acordo com a sua necessidade. Uma impressora a jato de tinta tem um cartucho que custa em média R$50,00 reais, porém imprime cerca de 200 folhas no modo econômico. Ou seja, um custo de cerca de R$0,25 centavos por página. (O grande problema seria o não uso da impressora por um longo período, pois a tinta pode secar e causar um prejuízo para o seu bolso). Já as impressoras a laser possuem um toner mais caro, na casa dos R$100,00 reais, porém são as mais rápidas e mais adequadas para trabalhos que envolvem fotos, a qualidade é bem melhor.
   As impressoras jato de tinta com bulk ink, seja ele de fábrica ou não, garantem a impressão de ao menos um milhar de páginas com uma única recarga. (A Epson diz que seus tubos de recarga com 70ml de tinta correspondem a 35 recargas de um cartucho comum, podendo imprimir até 6.500 páginas coloridas... Repito, segundo a Epson...)

   Cabe a você analisar o que seria melhor para o seu trabalho e para o seu bolso....




    A segunda coisa a se saber é a marca. Sinceramente, entre as grandes marcas não há muitas diferenças entre qualidade e preço. O que deve pesar bastante na hora da escolha é o serviço de assistência técnica. Escolha a empresa que possua a assistência mais próxima a sua residência, simples. Assim você irá se poupar de uma enorme dor de cabeça, caso haja a necessidade de fazer uma manutenção no aparelho. Nós aqui do DonnaRita, por exemplo, depois de muitas reviravoltas compramos uma Epson L355 com Wi-Fi excelente para o nosso ateliê.


   Terceira coisa: Multifuncionais? Quando for adquirir sua impressora, existe a opção de pedir por uma multifuncional. 

   Que diabos é isso? 

  Multifuncionais são aquelas impressoras que exercem serviços a mais, por exemplo, tiram cópias, digitalizam documentos, enviam fax. Por uma quantia a mais você adquirimos um aparelho com todas essas funções. Parece até desnecessário, mas às vezes compensa gastar um pouco a mais para ter esses serviços que podem ser essenciais no seu pequeno negócio. #ficadica 




   A quarta e última coisa a se pensar: Usb, Ethernet ou Wi-Fi? Eu não sou o mais indicado para comentar esse tópico porque sou um consumidor voraz de tudo o que possui Bluetooth e Wi-Fi, são coisas que vieram para confortar as nossas vidas. É tranquilo decidir também, varia de acordo com a sua necessidade. Se tem a intenção de ter somente um computador conectado à impressora, a melhor coisa é utilizar uma de entrada Usb. Porém, se possui mais de um computador para conectar, o ideal é adquirir uma impressora com Wi-Fi. Uma vantagem dos modelos que possuem Wi-Fi é o fato de você poder personalizar o espaço do seu ateliê da maneira que você quiser, enquanto as impressoras a cabo necessitam estar próximas aos computadores. Cá entre nós, sabemos que espaço é algo precioso nos ateliês.


   Vou ficando por aqui enquanto deixo vocês por aí, mas antes uma última dica: The Ultimate One !!!!!!!


   Quando estiver montando o seu ateliê, sua pequena empresa, enfim, o seu negócio, invista. Pague um pouco a mais, pense no retorno que o negócio vai oferecer. Invista, tira esse escorpião do bolso. Vale a pena investir no aumento da sua produção. Dinheiro gera dinheiro............


   Bom, essas foram algumas dicas para ajudar na escolha de sua impressora. 

   Espero que a equipe DonnaRita tenha ajudado... BJSSSS E ABRAÇOSSSS....

Este não é um post patrocinado, mas se você adquirir algum produto através de nossos links, nós seremos comissionados e você estará ajudando a mantermos este blog.

19 de jan de 2014

Aos domingos #3

 

Como voltamos com tudo, pode afastar a leseira de domingo e esquecer que amanhã já é segunda e venham curtir esses links bacanas que separamos para vocês neste domingo.

   Tenham um ótimo dia e curtam as visitas!


  • 10 ferramentas baratas e essenciais para a organização (alguém aí notou que estou com certa fixação em organização?)  
  • Dar não é fazer amor - Texto lindo do Luís Fernando Veríssimo (por favor, menores de idade, pessoas moralistas e cheias de pudor entrem no site e leiam somente este texto e saiam! O conteúdo pode não ser adequado para você...)
  • O artesão e os olhares alheios - Me reconheci muito neste texto e fez pensar o quanto EU valorizo meu trabalho (sim é trabalho, não é hobby e nem terapia e nem é pra ganhar um dinheirinho).

PS: Amanhã tem um post super especial sobre impressoras, escrito pelo maridão... passa amanhã para conferir!




18 de jan de 2014

Calendários de mesa


   Não sei você, mas eu preciso ter sempre um calendário por perto, senão fico perdidinha. Mas sinceramente, não sou muito fã daqueles calendários de brinde que nos chegam aos montes no final de ano e pensando nisso resolvi presentear algumas pessoas com estes calendários aí da foto. Nem preciso dizer que foi uma ótima lembrancinha de natal e que será útil durante todo o ano.
   Como eu sou a "louca dos calendários" tenho mais alguns modelos aqui para mostrar.




     Este ano de 2014 está só começando e ainda dá tempo de você se organizar ou presentear alguém com algo bonito e útil.
    Se você gostou de algum ou tem uma ideia para personalizar seu próprio calendário entre em contato conosco. Nosso email está na parte superior direita desta postagem.

Beijitos!

17 de jan de 2014

Começando 2014 com todo o gás!


    Muito bem meus amores e amoras, vamos espanando a poeira, tirando as teias de aranha, batendo os tapetes, trocando os lençóis e abrindo as janelas que esta casa está novamente habitada!!!
    Depois de um período de adaptação, agora estamos mais antenados a realidade e sabendo que temos poucos braços e que só com esses não abraçaremos o mundo inteiro de uma vez, então, vamos por partes.
    Este ano de 2014 já começou cheio de novidades e eu estou aqui hoje para compartilhá-las com vocês e adiantar um pouco do que pretendemos por aqui neste ano.
    Para vocês verem, já comecei me organizando. Gostaram da minha agenda e da minha pasta organizadora? Pois bem, no final do ano ajudei tanta gente a se organizar, então agora chegou minha vez... Essas bonitinhas vão me acompanhar este ano e vão me auxiliar na gerência dessa loucura maravilhosa que vem se tornando o DONNA RITA. Mas como disse, vamos por partes...
    Vou aproveitar este post para apresentar para vocês as novas ferramentas e melhores amigas aqui do ateliê, que chegaram por aqui para dar cada vez mais qualidade aos nossos produtos e fazer com que cada um deles se torne único e especial para vocês.
    A primeira belezura que apresento a vocês é a Serafina! 


    Ela não é linda??? Estou completamente apaixonada por ela...
    Mas aí você me pergunta: Rita o que faz essa tal de Serafina?
    E eu respondo: a Serafina é uma Silhouette Portrait, um plotter doméstico. Ela faz recortes com uma precisão fantástica e faz estes cortes em vários tipos de material. Quer um exemplo? O nome da Serafina colado nela foi feita por ela mesma, no caso com papel contact decorado. Quer outro exemplo? Os recortes da capa da minha agenda e da minha pasta também foram feitos com ela! Mas tenham calma, aos poucos vou apresentando as maravilhas desta pequenina, teremos muito assunto aqui sobre ela.
    Outra moradora deste humilde ateliê é a Brigitte! Ela ainda não foi oficialmente batizada, então por enquanto só vai a foto da caixa...


   Uma das paixões que surgiram por aqui foi a costura, então era necessário que também fossem feitas melhoras nesta área. Olha, mas foi uma saga pesquisar, pesquisar, pesquisar, pesquisar e finalmente decidir qual seria a melhor opção aqui para o ateliê. Foi uma maratona de meses! Esta será mais uma das histórias para contar por aqui...

   Tem algumas outras ferramentas porretas que chegaram por aqui, mas vou deixá-las para os próximos posts...

   Outra coisa que deu certo e que vamos continuar são as postagens para auxiliar as amigas de arte. Tutoriais, dicas de tendências, fornecedores, entre outras tantas também surgirão por aqui.

   E agora por último e nem por isso menos importante, vamos iniciar muito em breve, em parceria com o grupo "Encadernação, Cartonagem e tudo mais" os DESAFIOS DO BLOG! É isso mesmo, vocês terão a oportunidade de conhecer os maravilhosos trabalhos de outras artesãs e também poderão participar testando as habilidades de vocês!!! Logo, logo vou postar como é que vai funcionar essa parada! Aguardem!!!

   E eu também continuo no movimento "Compro de quem faz" e além dos desafios que fazem parte deste meu novo projeto, também darei continuidade a divulgação do trabalhos de outros artesãos e artesãs para deixar clara quais são as vantagens que temos comprando algo diretamente de quem produz.

   Para ficar ligadinh@s em tudo isso que eu adiantei curte nossa fan page no facebook para receber as novidades em primeira mão. Clica aqui e curta nossa página.

   Então é isso! Sejam bem vindos ao DONNA RITA 2014! Conto com vocês!!!

   Beijitos! 



 


6 de jan de 2014

Desafio - Clubinho da costura


   Enquanto os desafios aqui do nosso blog não saem, eu resolvi participar do 22º Desafio do Clubinho da Costura. O primeiro desafio de 2014 consiste em fazer uma capa para celular. Eu fiz a minha e com o restinho do tecido que sobrou aproveitei e fiz um porta pen drive combinandinho... rsrs. O desafio vai até dia 17 de janeiro, então aproveitem e participem também.

Beijitos!

© Donna Rita - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Donna Rita.
Programado por: Seis Mil Milhas.