3 de dez de 2013

O mistério da precificação .........

     Queridos amigos e amigas de Donna Rita.... 

   Hoje vim aqui especialmente para  divagar sobre um dos mistérios da vida de todo artesão: A precificação, que diabos é isso ?

    Aí do conforto de sua sofá você pode acreditar que é algo simples, mas não é. Taxar um valor em sua obra de arte é complicado demais. Saber o quanto vale o fruto de horas de seu trabalho, produto de seu talento, é muito difícil. Como podemos saber se o preço que fazemos é justo, tanto para nós quanto para nossos queridos fregueses. Para desvendar esse mistério vou utilizar de um curso de precificação que foi oferecido no 5 elo 7 day.

   Alerto que as dicas que serão oferecidas aqui são um pouco complexas, um tanto dificeis de entender, porém são de extrema importância. Antes de começar, gostaria que você tivesse em mente que o preço ideal é aquele que satisfaz ambas as partes da relação comercial, o vendedor e o comprador. Tenha em mente três pequenos termos: preço mínimo, preço ideal e preço de mercado.



    O preço mínimo é o mais baixo que você pode vender sem tomar um prejuízo. No preço mínimo você lucra o mínimo possível, porém sem prejuízo. É calculado através do custo do produto, da matéria prima usada, e mão de obra utilizada. MP (materia prima utilizada) + MO ( mão de obra utilizada) + P( poupança) = preço mínimo.

    Não se assuste, irei explicar cada termo. Vamos começar pela matéria prima. Aqui no nosso exemplo vamos supor que eu gostaria de fazer uma caixinha de lembranças. Minha caixa pequena de mdf custou apenas R$0,90. Usei aproximadamente R$0,01 de goma laca. A tinta rosa bebê que escolhi não passou de R$0,05. Cobrei R$0,20 na impressão da tag. Usei um pedaço de folha de opaline equivalente a R$0,06. Finalmente peguei um tecido bem bacana e utilizei uma parte equivalente a R$1,06. Tudo isso me gerou um custo de R$2,28. Guarde esse valor, ele será correspondente á matéria prima utilizada.

    Vamos para o valor da mão de obra. Para realizar esse calculo tenha em mente o quanto de renda você gostaria de obter com o seu trabalho, aqui no meu exemplo digo que gostaria de ganhar um salário modesto de R$680,00 com o trabalho de 10 horas semanais. Logo, se eu pretendo ganhar R$680,00 mensais em uma jornada de trabalho de 40 horas mensais, faço o seguinte cálculo: 680: 40. O valor obtido será de R$17,00. Dezessete reais será então o valor da minha hora de trabalho. Aqui no caso foi levado o tempo de 40 minutos, logo nosso valor de mão de obra corresponde a R$11,00. Guarde esse valor.

    Poupança é o valor que você deve ter para cobrir as sua despesas com seu material. Eventualmente seus aparelhos podem sofrer um desgaste, reposição de peça, esse valor serve para cobrir esse desgaste. Lembre-se que não podemos nos nos dar o luxo de tomar prejuízo. Aconselho aqui a cobrar um valor de cerca de 12% do custo da mão de obra e da matéria prima: (MP + MO). 12%. Aqui no nosso caso seria o valor de R1,60.

    Vamos colocar os valores na nossa equação:

    MP + MO + P = preço mínimo
    2,28 + 11 + 1,6 = PM
    Logo, R$14,88 será o nosso preço mínimo.

   Com o preço mínimo podemos estabelecer os outros. Sabendo que R$14,88 é o mínimo que você pode cobrar. Digamos que o preço de mercado seja R$30. Preço de mercado é o valor em média que os concorrentes cobram. Logo o seu valor ideal pode variar entre R14,88 e R$30.... É assim você consegue estabelecer um parâmetro para sua precificação. Essa postagem serve para lhe dar um norte.....

   Bom, espero ter ajudado e não complicado ainda mais a vida de vocês todos..... Bjsss, abraçosss e boa sorte.... Até a próxima......

2 de dez de 2013

Tutorial: Como personalizar seu miolo

Olá meu povo lindo!!!

Demoramos, mas voltamos!!

A correria de final de ano é grande, então desculpem pela ausência.
Hoje temos uma novidade: euzinha aqui, fuçando no computador, resolvi tentar fazer um tutorial que já haviam me pedido faz tempo, "como produzir seu próprio miolo usando o photoshop".

Como vocês já sabem, os caderninhos que produzimos aqui no DONNA RITA são totalmente artesanais e podem ser personalizados desde a capa até o miolo, então vou dividir com vocês como eu faço isso.

O vídeo não é lá dos melhores, o áudio também não está aquela coisa, mas para o primeiro tutorial em vídeo que fiz, sem nem saber por onde começar, com uma horinha que milagrosamente sobrou no dia, está ótimo!!! Kkkkkk Mas prometo que vou estudar mais e melhorar para os que virão. Bom, chega de conversa e vamos ao tutorial, espero que seja útil.

Beijitos


© Donna Rita - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Donna Rita.
Programado por: Seis Mil Milhas.